E essa moda do hamburguer?


O hambúrguer clássico nunca saiu de moda, a moda agora é o aspecto “gourmet” que ele ganhou. E é graças a esse aspecto “gourmet” que faz com que as lanchonetes vivam um momento de acelerada expansão.

O pedação de carne e queijo continua reinando, mas as variações são incríveis. Uma das mais celebradas cadeias de lanchonetes de Londres inovou em 2013 (já tem seis anos que ela inovou) acrescentando Chutney de Cebola Roxa em um dos seus sanduíches. Tem até cliente pedindo vinho para acompanhar. O negócio tá ficando chique.

Já por aqui pelo Brasil, um de nossos Chef/apresentador/blogueiro/youtuber,  ensinou esses dias em uma TV por assinatura, um suculento hambúrguer de fraldinha com Chutney de Tomate (abaixo ao ketchup). Ou seja, a inovação já chegou por aqui.

Arrisco em dizer que depois da moda do “tomate seco”, das “paletas mexicanas”, dos “sorvetes de iogurte”, a onda da vez é o hambúrguer. O hambúrguer gourmet.

Chefes estagiados em escolas renomadas se gabam dizendo que fazem receitas rebuscadas, cheios de mistérios. Mas vi muita lanchonete famosa usando Chutney mesmo. Eles estão certíssimos em oferecer um produto diferenciado. Em épocas de crise, o que funciona mesmo é se reinventar.


Deixe um comentário




Acompanhe nosso Instagram